...

...

sexta-feira, 15 de dezembro de 2006

Ruídos

Silêncio
Pesado neste sentido
Em sentido de sentir
Gelo na boca
Enamorada queimadura
Empobrecida, empedernida

Silêncio
Quando corre a cortina
Do muro aos lamentos
A vigília nefasta, ingrata
Vontade gritante
Dor a que me dou, pesada malícia


Silêncio
Não se canta, não neste sentido
Não no espaço que me é destinado
Tributado, conveniente, isolado
Não se encanta este coração
Não aqui aos meus olhos

Silêncio!
Porque quero silêncio!
Silenciar na surdez a ausência
Respirar sem me ouvir
Esgar inebriado e disforme
Sistemático, sintomático, porque sinto

Silêncio...
Passo na corrente
Em força por entre as pedras
Gastas de mim, na minha pele
Marcas minhas de rudes lembranças
Eu, eu e somente eu

Silêncio
Degradado a negro encanto
Vulto escuro, duro, perene
Novelo amadurecido a cada espaço
Volto, retorno, arremessado para ali
Ao canto que não se vê, incontornável

Silêncio
Por tudo o que me rodeia
Porque me acabo, extinguindo-me
Toda a voz que foi minha
Comovido, proporcionado
Em nada, por nada, para nada

Silêncio
Preservando o grito de Amanhã.

7 comentários:

Bandida disse...

teu o silêncio.



tudo.



tudo.



tudo.






B.
__________________________

A. disse...

_____________________...

Morgaine disse...

Por favor não me mandes ficar em silêncio. Eu não me calo. É dos textos mais ricos que já vi. Riqueza em palavras. Riqueza em conteúdo. Riqueza em significado. E no fim ficamos mesmo em silêncio. Mas estamos mais ricos. Fantástico.

A estranha disse...

"Enjoy the silence"


Shiuuuuu!


Espero pelo grito...

Beijos

Boganga disse...

Xiu!Cala-te e beija-me!

Anónimo disse...

silêncio. para quê silêncio?

sim. de facto, as vítimas gritam mas ninguém as ouve.

estão todos excessivamente ocupados com o consumismo.

consumismo sentimental. também.

infelizmente.

grita sempre, meu amigo.

terás tempo para dedicar ao silêncio após a tua morte ;)

vá, fui demasiado moralista?

dramática?

beijo.

A.

.*.Magia.*. disse...

São os silêncios que preservam os gritos, ou são os gritos que motivam o silêncio?

Deixo um GRITOOOOOOOOOOOOOOO

Cheers