...

...

domingo, 3 de dezembro de 2006

i'm|so|M|niac



Torço, contorço
Contra mim, na inércia por te esperar
E recusas em deixar-me ir...


Penso, repenso
Embato, esbato no espelho por me cansar
E insistes na vigília...

Suspiro, respiro
Inspiro, esperando em vão deixar de pensar
E teimas em não findar...

Dançamos, mergulhamos
Na garra da paixão de te viver
E recusas em me largar...

Desperto, desespero
No choque dos teus lábios, no teu morder
E ousas em me aleijar...
És sentimento, és coisa ruim
Espertina pessoa que tanto se cola a mim
E vivemos assim...




imagem: Marco Neves

9 comentários:

Bandida disse...

a insónia por dentro do caminho. digo eu...






beijo
______________________

r. disse...

as palavras, a imagem e a musica. palavras para que, es unico

Boganga disse...

Oh amor, assim até fico com ciúmes da insónia lol :))**

Anónimo disse...

humhum... hummm! trés bien!

insónias assim não incomodam absolutamente nada ;)

A.

Morgaine disse...

Estava a ver que nao conseguia entrar mais aqui.. foi à quinta vez! haja paciência..

Insónias? a mim parece que falas mais de uma loura de vestido branco, esssa loura fatal que levas aos lábios e que aos poucos tranformas em cinza não sem antes de deixares que ela te provoque estragos. Tem cuidado, cuidado com ela. Essa loura é deliciosa mas vai tomando conta de ti. Não terás algo mais doce para colocar nos teus lábios?

Aran disse...

Gostei... de te ler... e não me apetece nada mais dizer... beijinhos e inté...

.*.Magia.*. disse...

...uma luta de sangue...

A estranha disse...

Este texto acordou-me..


Beijo

A. disse...

...viciantes desejos.