...

...

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

saga

Despir, em boca de sede, querer morder o destino e redesenhar o traço da satisfação. Despir, da língua às palavras, do sentido ao contrário. Contrariar a vontade, refreando um pouco, só mais um pedaço de mim, em ti, e só de ti sair. Despir, na nudez da crueza do espírito, na rectidão do ir, sem se pensar na volta. Despir, como quem abre uma romã com os dedos, e dos ossos já nem saber a posição correcta. Despir, tomada de assalto, a pele de um arredio desejo.

Despir, rebeldia no corpo, sobre outro, num outro. Saber-se o desassossego mais esperto que a espera. Despir, a cabelo solto, colado ao rosto, nas rédeas das tuas mãos, dedos em freio. Despir, na saliva que se gasta e evapora, no jeito da demora, no gosto de quem se toma, ao adornar do lato enlevo, até ao curvar dos receios.

Despir, antes do toque, depois da lição, durante a atenção dada a cada gesto, sussurrar a intenção, roçando a evidência à desavergonhada condição de querer. Despir, de todo, quem sejas, se me és mais do que ser, é ter. Despir, como presságio das marcas deixadas por aí, como quem morde e diz não saber, como quem deixa solteira a saudade. Despir, de nada, porque despido sou.

11 comentários:

Luna Tic disse...

bolinha vermelha no canto superior direito. razão: nudez explícita.

e a saga. continua?

A Merceeira disse...

Despe e...segue...a saga :))*

retiro o que disse... disse...

Afinal, ainda és capaz de o fazer.

'Tu

Bé David disse...

Despes até a pele...

:)

Bé|jo



despido*

Sofia disse...

Gosto desse torvelhinho de emoções :-)
Beijo,Sofia

A Minha Essência disse...

Humm... devaneios ao rubro! ;)

Beijo

Margarida disse...

Doce saga, hã?

Do melhor... :)

Beijinho

Estranha pessoa esta disse...

Quando a saudade é casada é melhor. Pesa menos as vestimentas. Aquelas.
Que puxam às salivas.
Nuas.

Autora de Sonhos disse...

Uma aventura....a saga do despe...parece-me!

MissBlueBuble disse...

Alma despida, coraçao aberto a saga continua...

Vanessa Souza Moraes disse...

Apenas despir. Bonito.