...

...

sábado, 12 de maio de 2007

Sabor Que Sei

Sabor a suor, o corpo de gelo que derrete lentamente, fluindo no doce néctar do dia. Sabor a tarde, o copo servido ao fim da pausa. Saber a mais, de trago em trago, acompanhado a ritmo lento, esquecido.

Sou daquela linhagem específica, não ordenada, enxuta nos pequenos sopros de vida. Imposta a colmatar a necessidade que se arrasta na mesma vontade de querer, de tanto beber-te, mais desejo de sede tenho. Sou assim, com toda a normalidade, estendida até a luz desaparecer.

Ergue-se o copo, a avidez de perseguir a sede. Vazio, olho-te por entre as tuas linhas deformadas pelo vidro, fluidas na secura agora instalada. Vem, sussurra-me no teu gosto de me agradar. De mãos dadas, esperamos a noite calma, o seu cheiro e frescura. Aproxima-te, quero beber-te o vinho que me ofereces no teu corpo. Dá-me mais, frutado, na casta do teu perfume.

A correlação de sorrisos partilhados, em variáveis transmutadas, definidas aos meus olhos, sobejo prazer em te beijar. Sob todo o teu brilhante olhar, génio que me acende em mil e uma lucernas dos mais recônditos desejos que vivem em mim.

Sabor. Sabor, saber mais sabores do que és. Enche de novo o serão que nos guarda, sem desperdiçar quem me fazes ser. Toca-me, destila a minha constante amargura, como lúpulo da minha saliva. Decanta o meu jeito em quebrar o gozo do dia, sem que me alteres na composição. Artífice de ouro, pés descalços no meu peito, prova-me no beijo e no aperto do gesto.

Ao fim de todo um dia, completa-se a memória que virá na tua ausência. O que me espera será apenas uma pequena pausa. Parte do meu desejo esperará atrás da porta, para que voltes a entrar. Quero a saudade presente, sem que todo eu te espere realmente. Outro lado que sou, aguarda o sabor de me oferecer. Aguardo, aguardo... porque quero.

10 comentários:

nena disse...

minha lãmpada mais flurescente, tou de partida p'rá gronelãndia, talvez volte no inverno, venho só deixar-te aqui 2 bjinhos e 1 abraço mto, mto apertado(não preciso dizer-te o quanto me delicio com os teus escritos e a tua pessoa, és o maior, até 1 dia.(até tou comovida)smak!

A. disse...

...e ainda bem___________M.____












___________________quero entrar.

...e um beijo.




_A._________________________.

Morgaine disse...

Dança. Dança sempre ao som dessa balada no meio de tragos de vinho quente. Dança, toca e disputa a face vagabunda de uma conversa carregada de.. desejo. Depois espera atrás da porta, que alguém voltará, voltará sempre,com muito mais para contar.

mariazinha disse...

escreves bem a saudade...

:)

*

A estranha disse...

E queres de uma maneira que cada vez menos pessoas querem... Hoje, quando sair do trabalho, vou à procura de uma beijo :)

*

A. disse...

...um tesouro_____________tu___.







beijo.meu.
____A.___________________________.

Loira disse...

E eu que me esqueço de aqui passar!
Oh meu pregonopao.... tb me podias lembrar de vez em kd! Es o pior! Bjos espherovita ;)

.*.magia.*. disse...

Porque quero!
Porque sei ao que sabes...
Porque sim...
Porque sou sábio de ti...
Sei-te...

Cumprilampadamentos trespassados...

mnemosyne disse...

Na boca das palavras a boca da alma :)

mnica ;* disse...

estou embriagada...

Jinmhos ;*